Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SAPO Zen

Signo de Escorpião

Nascidos entre 24 de Outubro e 22 de Novembro

Regidos por Plutão
Elemento: Água
 
Paixão o teu nome bem podia ser Escorpião! E, é disso mesmo que vamos falar já que hoje estamos a abordar o signo de Escorpião – o signo que é pura paixão!
 
Talvez seja o signo mais assustador do Zodíaco, ou melhor, com mais má fama! Só um escorpião sabe como as pessoas reagem quando se diz que é daquele signo… Pois bem, eu digo que isto são apenas intrigas da oposição!!!  Mas a verdade é que eles, os escorpiões, até acham uma certa graça nisto, pois gostam de criar um certo mistério à sua volta e até acham graça a serem temidos. Muitas vezes até se estão a rir por dentro dos sustos que os outros levam com eles.
 
São possuidores de uma inteligência penetrante e muita perspicácia. Extremamente intuitivos são capazes de descobrir qualquer 2ª intenção quando lidam com alguém. Um genuíno nativo de escorpião só não vê o que não quer ver. E aqueles que já aprenderam a controlar o seu lado explosivo apenas fingem que não estão a ver para não ter que provocar algum cataclismo… Mas olhem que isso lhes custa muito!
 
Se conseguem esventrar o mais íntimo das outras pessoas, por mais extrovertidos que sejam, não revelam a ninguém o seu lado mais profundo, e, não gostam de se sentir invadidos. O escorpião só se abre quando e com quem quer , é inútil tentar forçá-lo a partilhar o seu eu mais profundo.
 
Não têm muita capacidade de aceitar as pessoas como elas são e adoram tentar mudá-las.
 
Sentem-se completamente estimulados pelos obstáculos, por um confronto e pelo perigo. Como eu costumo dizer: -  adoram viver perigosamente. Tudo vale à pena desde que não seja para viver de uma forma insípida, inodora e incolor.  Para eles com estas características só mesmo a água que é o elemento que rege o signo, de resto tudo tem que ter muita cor, muito cheiro e muito gosto!!!
 
Ciumentos e possessivos? Claro que sim! E não fazem a menor questão em escondê-lo. Eles são como são, e , quem quiser que se aguente no balanço do barco.  Se conseguirem viver estes sentimentos de uma forma controlada tudo bem. Mas há que ter muito cuidado pois são de facilmente chegar a extremos… e podem mesmo tornar-se obsessivos e com grave poder de destruição.
 
A maior dificuldade dos escorpiões é não saber viver o meio termo. As coisas são na base do sim ou não, do preto ou do branco e do “pão, pão, queijo, queijo, e sem manteiga para não escorregar”. Quando conseguem vencer esta batalha e aprender que o branco pode ser complementar ao preto, o sim ao não, terão muito mais paz na vida.
 
Amam com a mesma intensidade que detestam. É sempre muito, em catadupa como diz um amigo meu! Mas também, se decidem ignorar alguém acho que será ainda mais grave pois o desprezo de um escorpião dói na pele, na carne, nos osso e principalmente na alma. Eles fazem mesmo “delete” e daquele ser não fica nem registo no disco rígido.
 
Conseguem ter uma autoridade sobre os outros muito intensa, mesmo que não queiram. É uma autoridade natural e inerente à sua maneira de ser mesmo quando estão a ser a mais doce das criaturas.
 
A mulher de escorpião parece que consegue ver para além das aparências e de uma forma que até parece que são bruxas – e cá entre nós, muitas o são! Aliás os escorpiões têm uma atracção natural pelo oculto e pelo transcendente.
E com a intuição que têm … não há quem os segure se resolvem trilhar estes caminhos.
 
Devido a sua tendência para o exagero, devem tomar imenso cuidado com as suas inclinações auto-destrutivas, e evitar os comportamentos nocivos que  fazem vir à tona os seus diabos mais escondidos… E o pior é que quando eles vêm são precisos pelo menos alguns 100 exorcistas, e dos bons!
 
É mais que sabida e comentada a exacerbada sexualidade dos escorpiões. A sua libido tem tendência a estar sempre em alta. Melhor para os seus parceiros que ficam irremediavelmente marcados depois de um relacionamento com um escorpiãozinho dos bons. Como intensos e irremediavelmente apaixonados que são, ninguém sai impune de uma relação com alguém deste signo. Nada será o mesmo depois de um escorpião passar pela sua vida… E vai ser difícil encontrar alguém que mexa tanto consigo quer pela positiva como pela negativa.
 
Os escorpiões gostam de seduzir e do poder que exercem sobre o ser amado. Mas não como os Balanças que necessitam de se fazer amar, os nativos de escorpião gostam mesmo de deixar o outro completamente rendido aos seus pés e entregam-se completamente.
 
A mulher de escorpião quando encontra um parceiro que admira irá dedicar-se a ele à 1000%, ajudando o muito mais do que qualquer outra seria capaz, mas se decepcioná-la, será literalmente pulverizado.
 
O escorpião precisa estar apaixonado como precisa do ar para respirar. Ele movimenta-se motivado pela paixão e não só no campo das relações afectivas. O seu trabalho tem que ser apaixonante, a viagem tem que ser apaixonante, o desporto também que ser apaixonante e assim por diante. Ufa! Que cansaço!!! Mas para eles é assim mesmo!!!
 
Os escorpiões são extremamente fiéis aos amigos e não esquecem o que lhe fazem de bem, mas, também não esquecem o que lhe fazem de mal ou injusto. O problema é que podem tornar-se muito vingativos… aí quem tiver pisado na bola que se aguente e tenha a certeza de que dificilmente se reabilitará perante o intransigente escorpião. E olhe que em matéria de injustiça ele não perdoa nem mesmo quando não está envolvido directamente. Mesmo que seja com outra pessoa ele tomará a sua defesa.
 
No mais convém lembrar que o escorpião é capaz de fazer tudo o que quiser – se o quiser, é claro! E que a calma que aparenta superficialmente é para esconder o fervilhar que existe no seu interior e que ele consegue esconder como ninguém, principalmente pela sua capacidade de dominar a sua personalidade.
 
Bem, só resta deixar-me a pergunta: será que nós escorpiões somos assim tão maus? Nem por isso. Somos apenas escorpiões … e o resto serão mesmo intrigas da oposição!!!  
 
Desculpem o mau jeito mas ser escorpião é viver a vida com muito mais emoção!!! E olha que eu sei do que falo!!!
 
Heloisa Miranda
sapozen@sapo.pt
 

123 comentários

Comentar post

Pág. 1/9