Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SAPO Zen

Comunicação Não Violenta 6

Patrícia Dias continua a nos explicar as técnicas utilizadas por este método que nos possibilita comunicar de forma não violenta.

 
Será, se assim se pode chamar, uma ferramenta que nos ajudará a comunicar melhor e a chegar ao outro mais facilmente e de maneira eficaz.
 
Há sempre uma forma de transformar a comunicação violenta numa comunicação não violenta. Será apenas uma questão de postura e de reprogramação. Um treino que a princípio poderá parecer difícil mas que com o tempo torna-se a base da nossa forma de comunicar.
 
Utilizado em diversos países, este método bastante novo em Portugal destina-se a comunicação em qualquer vertente em que ela se dê.
 
Na família, no trabalho ou na escola a Comunicação Não Violenta é sem dúvida nenhuma algo que nos ajuda e prepara para viver melhor, principalmente por nos ensinar a não reagir no mesmo tom agressivo com que somos frequentemente confrontados, mesmo que não tenhamos contribuído para tal.
 
 
Neste bloco da entrevista, Patrícia aborda a Comunicação Não Violenta aplicada no campo das relações afectivas. Aqui também um factor muito  importante para o sucesso da relação, já que por vezes o desamor começa com a “desconversa”.
 
 
No meu entendimento a Comunicação Não Violenta é uma arma para desarmar o outro e a nós mesmos, naquele tipo de acção que muitas vezes é perpetrada de forma inconsciente, numa espécie de incontinência verbal que nos assola.
 
Pensar melhor, comunicar melhor e viver melhor – talvez seja uma boa fórmula, não é mesmo?
 
Heloisa Miranda
sapozen@sapo.pt
 
 
 
 
 A Convidada
 
Patrícia Dias desenvolve o projecto Acalentar Emoções Academia de Comunicação
 
 
Contactos:
 
 
912257852.