Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SAPO Zen

“Tome cuidado com o que você deseja..."

 

“Tome cuidado com o que você deseja. Você pode acabar por conseguir” Scott Flanagan
 
 
Será que desejamos sempre o que é bom para nós?
Será que sabemos o que desejar?
Será que sabemos realmente o que desejamos?
 
A maioria das pessoas de certeza que se questionadas, dirão que o seu maior desejo é o de serem felizes, e, se mais específicas forem, irão dizer que isto se dá através do triângulo saúde, amor e dinheiro.
 
Mas, se formos investigar um pouco mais além, veremos que muita gente quer, mas não sabe exactamente o que quer. Acho que nem sequer param para pensar no que realmente querem. Vão querendo…simplesmente.
 
Ao longo das várias entrevistas que tenho realizado com pessoas ligadas às mais diversas linhas de pensamento, crenças, terapias, pude verificar que todos são unânimes ao dizerem que somos o produto do que pensamos, de como pensamos, e que podemos facilitar muito o caminho para as coisas chegarem até nós através da nossa forma de pensar, da nossa forma de construir pensamentos, e por conseguinte, os nossos desejos. Todos dizem e ensinam que devemos saber focar os nossos desejos e intenções para que eles se venham a realizar. Daí volto às questões iniciais:
 
 
Será que desejamos sempre o que é bom para nós?
Será que sabemos o que desejar?
Será que sabemos realmente o que desejamos?
 
Muitas vezes desejamos certo, mas na hora errada. Noutras, é claro que desejamos errado na hora certa. E assim vamos coleccionando frustrações e enganos, ou melhor desenganos!
 
Apesar de achar que muito do que crescemos é mesmo fruto das nossas escorregadelas (– você não presta muito mais atenção ao caminho depois de ter tropeçado ou caído?) Não será necessário, com certeza, “estampar-se” completamente para aprender e crescer. Se pudermos evitar alguns destes “estampanços” será bem melhor., com toda a certeza, não é mesmo? E estes acidentes de percurso são muitas vezes fruto daquilo que desejamos erradamente.
 
Quantas vezes levamos tempos e tempos a desejar algo ou alguém, e quando conseguimos não era nada daquilo que queríamos. E pior ainda, muitas vezes não estamos preparados para que os nossos desejos, uma vez realizados, impliquem numa série de consequências e comprometimentos.
 
Desejar sim, e muito! Mas cuidado… os desejos podem mesmo se realizar!!!
 
Heloisa Miranda
sapozen@sapo.pt
 
 
 

Os Pensamentos:

 

 

Os pensamentos aqui reproduzidos fazem parte do livro da minha autoria " Só Quero que Ames a Vida" da Editora Verso da Kapa

www.versodakapa.pt

 

 info@versodakapa.pt

 

 

 

 

 

Heloisa Miranda

sapozen@sapo.pt

 

No canal de Vídeo do Sapo Zen, hoje: 

 

Convidada do Programa :

A convidada do programa de hoje é a taróloga Vera Xavier

 

Contactos Vera Xavier:

Lisboa:   21 352 30 75 / 931 168 496

Porto:     963 781 012