Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SAPO Zen

“A infelicidade ..."

 

“A infelicidade tem para dar muitas coisas que a felicidade não pode dar” Osho
 
Seguramente que  não sou apologista da desgraça nem do infortúnio, mas, achei que esta frase de Osho pode ser vista como um alerta para aqueles que num momento mau não conseguem como se diz vulgarmente “dar a volta por cima”.
 
Aliás não é bem o caso de se dizer momento mau. Momento mau é dar um pontapé numa pedra, escorregar na rua, discutir por besteira, descobrir que nasceram mais cabelos brancos e mais uma ruga, etc… Por causa dos momentos maus não vale à pena gastar mais do que um segundo a soprar o dedo magoado, a pedir desculpas pela discussão…
 
Já com a infelicidade é diferente. Em primeiro lugar convém avaliar se é mesmo caso para ser considerada infelicidade. Caso seja mesmo, então tente ver o que pode aprender com isso e sobretudo o que pode fazer para mudar as coisas,
 
Dizem que são as crises que nos fazem crescer, aqui também podemos incluir a infelicidade. Aproveitemos então para crescer, evoluir e aprender. Aprender a lidar com as crises, com o coração despedaçado, com a frustração e sobretudo com os “nãos” que vão povoando a nossa vida. Aprender a buscar forças em nós para mudar o jogo, para agir.
 
Já reparou que só a infelicidade é que nos pode realmente fazer querer mudar?
 
É lógico pois se estivermos felizes não vamos fazer nada para mudar – não se mexe em equipa que está a ganhar! Mas também não se deve esquecer que há que trabalhar para que as coisas continuem bem.
 
Mas, a mensagem de hoje consiste principalmente em considerar que é sempre possível aprender alguma coisa com o que vamos vivenciando. E que podemos sempre praticar aquilo que chamamos de alquimia espiritual e que consiste em conseguir tirar ouro da pior das situações.
 
 
Heloisa Miranda
sapozen@sapo.pt