Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SAPO Zen

"O surdo acha sempre que..."

 

“ O surdo acha sempre que os que dançam estão loucos.”
Jorge Bucay
 
 
Há uns dias atrás uma conversa amena, quase que circunstancial, com alguém que conheço há muitos anos, deu-me o que pensar. A pessoa em questão perguntou-me, mecanicamente; como eu estava. Sem pensar. disse o que realmente me ia na alma, e não o apenas tudo bem ou tudo mal de costume. Respondi-lhe peremptoriamente que estava tudo bem, mas mesmo muito bem e que estava muito feliz. Aliás foram estas as minhas palavras:
 
- Estou tão bem. Estou muito feliz!
 
Bem, seguramente nunca vi alguém tomar um susto tão grande com algo que eu dissesse. Acho que nem os meus pais na minha adolescência ou ex namorados desconcertados… bem mas vamos ao que interessa:
 
A minha amiga deu um salto de espanto, e, incrédula perguntou para confirmar se não estávamos a delirar, eu a dizer e ela a ouvir:
 
 - Estás feliz?????
 
Confesso que até tomei um susto com o seu espanto. Até parei para pensar no que realmente eu tinha dito. Afinal, só tinha sido verdadeira e exprimido o que realmente estava a sentir.
 
Ela olhava-me com um ar de espanto nunca visto e a repetir a pergunta. Eu respondi que sim que estava muito feliz.
 
Aaaaahhhh… disse ela com cara de parva. ( a cara de parva fica pela minha boa educação, pois na minha terra eu diria mesmo que ela ficou com cara de B_ _ _A , que é como chamamos aquela parte do corpo que fica no final da coluna vértebra!)
 
Será que estar feliz é crime, pecado? Talvez ofensa nacional ou crime de lesa pátria…
 
Se calhar, ela ficaria menos espantada se eu desfiasse uma série de lamúrias ou se dissesse que estava na  m _ _ d a… Não que isso fosse mudar qualquer coisa, mas provavelmente seria mais normal para a minha amiga.
 
Será que dizermos que estamos mal passou a ser o politicamente correcto? Socialmente aceite…
 
Será que alegria e felicidade fazem mal a alguém?
 
Nem considero que fosse um caso de inveja da parte de quem se espantou por eu estar feliz. Acho que é mesmo falta de hábito de ouvir alguém dizê-lo. Bem, em matéria de televisão o drama dá sempre mais audiência do que a comédia, assim como as notícias de desgraças prendem mais o leitor ou telespectador. Mas confesso que nunca tinha sentido isso de uma forma tão patente.
 
Que pena que assim seja!
 
Que tristeza que assim seja!
 
Que estupidez que assim seja!
 
Deixem lá quem está feliz ser feliz. Tentem pegar uma boleia nessa felicidade, crescer com ela e regozijar-se. 
 
Ser feliz é possível e está nas nossas mãos saber saborear os momentos de felicidade. Ser feliz não sou nem você apenas,. É um nós bem construído, um encanto mesmo no desencanto, um saber esperar pela festa, curtir a própria festa e saborear o fim da festa.
 
Ser feliz é fazer-se festa para alguém, e não esquecer de ser festa para nós próprios.
 
E já agora, para a minha amiga: estou feliz sim e vou continuar a sê-lo!!! Quanto a si, faço minhas as palavras daquele fado: “vai bugiar minha menina!”
 
Heloisa Miranda
sapozen@sapo.pt
 
 

Os Pensamentos:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os pensamentos aqui reproduzidos fazem parte do livro da minha autoria " Só Quero que Ames a Vida" da Editora Verso da Kapa

www.versodakapa.pt

 

 info@versodakapa.pt

 

 

 

 

 

 

 
 
 
Previsões Astrológicas Semanais:
 
 
Teremos agora no Sapo Zen todas as segundas as previsões astrológicas para cada um dos signos feitas pela Astróloga Vera Faria Leal,
 
Nesta primeira semana apresentamos uma versão alargada pois além das previsões para cada signo,  Vera fala sobre o céu do mês.
 
LEIA NO SAPO ASTRAL AS PREVISÕES POR ESCRITO.
 
Heloisa Miranda
Sapozen@sapo.pt
 
 
Apresentação de Vera Faria Leal:
Vera Faria Leal éLicenciada em Relações Internacionais. Trabalhou em Comunicação Institucional, Relações Públicas, Marketing, Qualidade e Formação na Banca durante vários anos.
Diplomada por Louise Hay e convidada por Patrícia Crane - continuadora do trabalho de L.H. no mundo - com quem co-facilitou curso em Inglaterra, para ser a Formadora de Facilitadores do Método Louise Hay em Portugal, desde 2004.
 Foi Consultora de Auto-Estima para o programa «Elas em Marte», na SIC Mulher, contando com diversas participações televisivas. Tem artigos publicados na imprensa sobre transformação pessoal e Astrologia.
 Estuda Astrologia desde 1995.Faz Aconselhamento Astrológico e é professora de Astrologia Vivencial no Centro Quiron, realizando cursos e palestras no país.
Iniciou com Rui Peixoto em 2008 a Escola de Astrologia do Centro Alquimia do Ser. 
 
Autora de vários livros e Cds de Desenvolvimento Pessoal e do DVD "OSEGREDO PARA ALÉM DE O SEGREDO". Fundadora em Portugal do movimento espiritual internacional: "Humanity`s Team - Juntos pela Humanidade", criado nosEUA por Neale Donald Walsch  (autor de Conversas com Deus).
 
Contactos:
Vera Faria Leal
351+  965303341  965303341
Email:
harmoniaviva@gmail.com
www.verafarialeal.com.pt  
Centro Alquimia do Ser, Av. E.U.A., nr. 32-2º Dt.Lisboa
 

sapozen@sapo.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.